CHAMAMENTO PARA A CAMPANHA: “VOLTA ÀS AULAS SÓ COM VACINA PARA TODOS! AUXÍLIO EMERGENCIAL DE UM SALÁRIO MÍNIMO PELA VIDA DO POVO!”

O povo está morrendo e para resistir a esse momento o Congresso Nacional de Lutas Contra o Neoliberalismo (CNCN) segue com a campanha para que a vacina seja liberada a todos e todas, que agora se estende pela defesa de que a volta às aulas só aconteça depois que todos e todas estejam vacinadas. O CNCN defende que o governo federal libere um Auxílio Emergencial de um salário mínimo para todas as famílias trabalhadoras que estão expostas a todo tipo de dificuldade e ao horror da fome. Ele deve durar durante todo o tempo que durar a pandemia.

O povo está morrendo e para resistir a esse momento o Congresso Nacional de Lutas Contra o Neoliberalismo (CNCN) segue com a campanha para que a vacina seja liberada a todos e todas, que agora se estende pela defesa de que a volta às aulas só aconteça depois que todos e todas estejam vacinadas. O CNCN defende que o governo federal libere um Auxílio Emergencial de um salário mínimo para todas as famílias trabalhadoras que estão expostas a todo tipo de dificuldade e ao horror da fome. Ele deve durar durante todo o tempo que durar a pandemia.

O CNCN convida os trabalhadores, as trabalhadoras e todo o povo pobre a se organizar em Comitês de Lutas para enfrentar essa conjuntura de crise orgânica do capital que foi intensificada pela crise da COVID-19 e que combinada com as ações do governo protofascista de Bolsonaro e os representantes do golpe neoliberal que desmontou o que existia de “Estado de Bem Estar Social”, fizeram crescer a miséria, a fome, a dor e as mortes entre o povo mais pobre!

O Brasil caminha para a triste marca de 250 mil mortes por COVID e além da doença que segue matando, temos um alto índice de desempregados no Brasil, que ultrapassa os 14 milhões de pessoas, o setor de serviços está longe de retomar a atividade normal e quase 1 milhão de pequenas empresas quebraram (IBGE) por falta de ajuda do desgoverno neoliberal.

A pressão do capital financeiro e agora dos donos das escolas particulares sobre os governo federal, os governos estaduais e municipais para que os trabalhadores em geral voltem a produção e que as crianças voltem para as salas de aulas no pior momento da pandemia, deixa explícito o caráter protofascista dos governos que defendem a reabertura. Estamos em uma das piores crises sanitárias da história da humanidade e o vírus ao circular sofre mutações, desenvolvendo variantes mais perigosas como a nova cepa identificada em Manaus, onde presenciamos o extermínio de centenas de pessoas por falta de leitos de UTI’s e oxigênio. Mães, pais, avós e avôs, filhos e filhas que morreram sem ar e isolados de suas famílias. É essencial destacarmos que esse quadro foi profundamente agravado pelo desmonte do SUS que mostrou sua face macabra nessa pandemia.

Neste sentido, o CNCN diz: VOLTA ÀS AULAS PRESENCIAIS SÓ COM VACINA PARA TODOS!

Declara apoio à greve dos professores e de toda a rede de educação do Estado São Paulo e do Rio de Janeiro e todas e todos trabalhadores em todas as partes do nosso Brasil que estão se mobilizando em defesa da vida. Queremos o direito de poder continuar vivos, por isso, é mais que URGENTE que o governo federal libere imediatamente o AUXILIO EMERGENCIAL DE UM SALARIO MÍNIMO. Não há dinheiro para isso? A cada 3 reais gastos pelo governo para conter a pandemia, 2 foram destinados a salvar os bancos. Precisamos inverter essa lógica e obrigá-los a salvar vidas!

VOLTA ÀS AULAS PRESENCIAIS SÓ COM VACINA PARA TODOS!

AUXILIO EMERGENCIAL DE UM SALARIO MÍNIMO PELA VIDA DO POVO

Brasil, fevereiro de 2021.

Congresso Nacional de Lutas contra o Neoliberalismo

CLIQUE AQUI E ACESSE AS IMAGENS DA CAMPANHA:

Volta às aulas só com vacina para todos!

LEIA TAMBÉM: Contra o genocídio do Povo Brasileiro, Vacina já para todos!