Contra o genocídio do Povo Brasileiro, Vacina já para todos!

Hoje, 1 de fevereiro de 2021, durante todo o dia o Congresso Nacional de Lutas Contra o Neoliberalismo realizou manifestações dos seus comitês de lutas em vários estados e cidades com o objetivo de exigir do governos federal, estaduais e municipais a imediata disponibilização para todos da vacina contra a Covid-19, que vitimou nacionalmente mais de 224 mil mortes em consequência da pandemia.

Hoje, 1 de fevereiro de 2021, durante todo o dia o Congresso Nacional de Lutas Contra o Neoliberalismo realizou manifestações dos seus comitês de lutas em vários estados e cidades com o objetivo de exigir do governos federal, estaduais e municipais a imediata disponibilização para todos da vacina contra a Covid-19, que vitimou nacionalmente mais de 224 mil mortes em consequência da pandemia.

O CNCN denuncia a falta de investimento da Saúde Pública e a tentativa de destruição do Sistema Único de Saúde (SUS) pelos governos neoliberais, como ficou exposto diante da situação da capital do Amazonas, Manaus, onde as pessoas morreram por falta de oxigênio nos hospitais.

Neste sentido, o CNCN convoca a população a se organizar em Comitês de Lutas Contra o Neoliberalismo e em Defesa da Vacina para Todos Já. A única possibilidade de barrar esse governo genocida de Jair Bolsonaro é organizar o povo para a resistência a essa política que só ganhou força após o golpe contra a presidenta Dilma Rousseff.

As manifestações foram na Baixada Fluminense e Itaboraí(RJ), em Belo Horizonte (MG) e em São Paulo e continuarão a acontecer no decorrer da semana.

Outra pauta defendida pelo CNCN é a necessidade de um Auxílio Emergencial no valor de um salário-mínimo para as mais de 65 milhões de pessoas que estão na margem da miséria em todo o país. É dever do Estado garantir as condições de sobrevivência dessas pessoas.

Sidnei Martins

Coordenador Nacional do CNCN

CLIQUE AQUI E ACESSE AS IMAGENS:

Vacina já