A reunião ministerial do Governo Bolsonaro

A reunião ministerial do Governo Bolsonaro, ocorrida no dia 22 de abril de 2020, e liberada para exibição pelo ministro do STF, Celso de Mello, levou a uma grande polêmica nos bastidores de Brasília. O baixo nível dos comentários entre os presentes, bem como os palavrões proferidos por vários participantes, entre eles o presidente da República, Jair Bolsonaro, caiu como uma bomba com a transmissão na íntegra de toda a filmagem do encontro.

Leia mais…

A pandemia no bairro Botafogo, em Nova Iguaçu-RJ

Tenho acompanhado da sacada da minha casa e o que tenho visto é assustador, com muitas pessoas ainda sem máscaras e expostas à contaminação pelo coronavírus. O movimento das pessoas no bairro segue aparentemente não afetado pela pandemia que assola o mundo, o Brasil, o estado do Rio e Nova Iguaçu.

Leia mais…

Lockdown no Estado do Rio para conter aglomerações durante pandemia

Algumas cidades do estado do Rio de Janeiro amanheceram hoje, 11 de maio de 2020, em lockdown, expressão da língua inglesa que significa “confinamento”, “isolamento” ou seja, a restrição e/ou proibição do acesso de transeuntes ao espaço urbano, principalmente avenidas, ruas e locais como praças e parques urbanos; além do fechamento do comércio considerado pelas autoridades como não essenciais durante a pandemia que no estado vitimou 1.775 pessoas até 10 de maio. Além de Niterói e São Gonçalo, também Nova Iguaçu, Caxias, outras cidades estão aplicando a medida paulatinamente em seus centros urbanos.

Leia mais…

Como está Duque de Caxias-RJ em relação ao isolamento social?

O INVERTA contou hoje, 12/05, com a colaboração da assistente social, militante política e comunicadora Ana Leone, que percorreu alguns pontos da via pública quando avaliou a resistência ao isolamento social, denunciando ser este um comportamento que partiu inicialmente das autoridades municipais de Caxias.

Leia mais…

Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia

Por ocasião dos 20 anos do aniversário da fundação do Partido Comunista Marxista-Leninista do Brasil, o Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia tem a honra de expressar as maiores congratulações e cumprimentações de companheirismo a seu Partido e a todos seus militantes.

Leia mais…

Camarada Kim-II Sung presente!

O Partido Comunista Marxista-Leninista do Brasil (PCML-Br) se soma às milhões de vozes que hoje honram a memória do grande líder Kim Il-Sung, libertador do povo coreano e fundador da República Popular Democrática da Coreia (RPDC), no dia de seu 108º aniversário.

Leia mais…

Nota do CNLN sobre a COVID-19

O Congresso de Lutas contra o Neoliberalismo declara sua solidariedade neste momento tão difícil, antes de mais nada, afirmando que por mais difícil que seja, com certeza, essa calamidade passará. As medidas de isolamento seguem sendo a nossa melhor opção para acelerar essa transição e impedir a contaminação de nossos entes queridos e companheiros e companheiras.

Leia mais…

banca de livros cooperativa inverta.png


Aula Magna da ex-Presidente Dilma Roussef na UERJ

A ex-Presidente , Dilma Roussef, abriu o Curso de Mestrado da UERJ e da Flacso com o tema: “Estado, Gobierno y Políticas Públicas”, no último dia 6 de Março, no Teatro Odylo Costa Filho, zona norte da capital fluminense. Fizeram parte da mesa de abertura do evento o Reitor da UERJ, Ricardo Lodi Ribeiro, a Pró Reitora de Extensão e Cultura, Claudia Gonçalves, o Conselheiro da Flacso, Pablo Gentili e o Presidente da Fundação Perseu Abramo, Marcio Pochmann.

Leia mais…

Imperialismo norte-americano, tire as patas da Venezuela!

A ação promovida contra Maduro, classificando-o como narcotraficante, é absurda e repudiável. Com essa descarada obsessão de Washington em querer controlar tudo e todos, de querer impor a sua economia neoliberal, a sua cultura consumista e a exploração aos povos dos países em desenvolvimento, é cada vez mais clara a sua ação intervencionista contra os povos que se levantam para construir e se desenvolver independentes dos Estados Unidos.

Leia mais…

Derrotaremos a nova agressão imperialista!

O Departamento de Estado dos Estados Unidos da América e o Procurador Geral daquele país, William Barr, iniciam uma nova agressão imperialista contra nossa pátria e nosso povo. Desta vez, o Presidente da República, Nicolás Maduro, o Presidente da Assembleia Nacional Constituinte, Diosdado Cabello, o Ministro da Indústria e Vice-Presidente de Economia do Setor, Tareck El Aissami, o Ministro da Defesa e o Vice-Presidente de Política GJ Vladimir Padrino, são falsamente acusados de traficantes de drogas.

Leia mais…

Somos INVERTA! 500 edições de Resistência

Neste especial, entrevistas com alguns imprescindíveis do Jornal INVERTA, que declararam o que significa para eles a edição 500, esse marco histórico, depoimentos dos que estiveram desde o início dessa saga, ou até antes, como o caso da primeira entrevista, com o Prof. Dr. Aluisio Bevilaqua, fundador e editor-chefe do INVERTA. Durante o ano, declarações de mais pessoas serão publicadas e trazidas aos leitores e leitoras.

Leia mais…

A ruína do laboratório neoliberal do mundo e a importância da Primera Línea para a continuidade da resistência

Os protestos referentes à desigualdade social no Chile não são algo espontâneo e sim um esgotamento do sistema neoliberal neste país. É interessante voltar às questões históricas para analisarmos os atuais acontecimentos no Chile.

Leia mais…

TODO APOIO À REPÚBLICA BOLIVARIANA DA VENEZUELA E CONTRA A TRAMA GOLPISTA CONTINENTAL!

Desde a fracassada tentativa de golpe contra o presidente Hugo Chávez em 2000, portanto, há quase vinte anos, os EUA tentam derrubar o governo bolivariano da Venezuela. Depois do recente périplo do secretário de Estado norte-americano Mike Pompeo por Colômbia, Costa Rica e Jamaica, articulando o golpe contra Nicolas Maduro, é a vez do "autoproclamado presidente" Juan Guaidó buscar apoio ao plano do imperialismo.

Leia mais…

Subserviência governo do Equador ao FMI enfrenta greve e resistência indígena!

O governo eliminou os subsídios ao diesel Hola gasolina em um país produtor de petróleo, liberou o preço ao mercado internacional permitindo então a flutuação do mesmo, reduz um dia de salário para os servidores públicos, reduziu as férias destes públicos de 30 a 15 dias, e este foi o primeiro pacote das medidas que contempla a carta de intenção assinada pelo governo nacional e o FMI.

Leia mais…

A privataria tucana e as tragédias no Brasil

As constantes tragédias no Brasil nos últimos tempos mostram o aprofundamento do projeto neoliberal, egoísta e perverso do capitalismo, que destrói o ser humano e todas as formas de vida no planeta.

Leia mais…

Encontro solidário em Cuba demonstrou que a luta é a alternativa

O Encontro Anti-imperialista, de Solidariedade, pela Democracia e contra o Neoliberalismo demonstrou que a solidariedade e a luta permanente são hoje a alternativa à dominação capitalista, tal e como asseguraram seus participantes.

Leia mais…

Declarações sobre o golpe militar

"O Golpe de 64 começou muito antes. Não foi à toa que Jânio perdeu o poder. E não veio sozinho mas com o apoio e o incentivo do imperialismo norte-americano que há longos anos intervém na vida política e cultural deste continente.

Leia mais…

1964: a vingança como programa de revolução

A Revolução de 1964, não sei bem porquê é chamada de revolução, serviu mais a qualquer outro fim a um programa de vingança. Ela perseguiu especialmente pessoas que tinham desagradado os personagens que tomaram conta do Movimento que, à falta de melhor orientação, seria ajustado aos seus propósitos o de criar rótulos suspeitos para pessoas qualificadas como subversivas, condição derivada apenas de posições liberais, tomado o termo no sentido de tolerância em face de opiniões divergentes, especialmente como filiados a partidos considerados de esquerda.

Leia mais…

Brasil 64-94

O Brasil vinha se construindo, confiante como nunca em sua capacidade de transformar-se para superar o atraso e acabar com a pobreza, quando sobreveio o golpe militar de abril de 1964. O que se queria era alargar os quadros sociais, para que mais brasileiros tivessem empregos em que progredissem por seu esforço, para que todos comessem todos os dias, para que cada criança tivesse oportunidade de completar seu curso primário. Vale dizer, aquilo que é progresso e modernidade para nações civilizadas. Tudo, dentro da democracia e da lei.

Leia mais…

1964: NÃO!

Há poucas semanas, percorrendo as ruas de Bayonne, na França, deparei com duas ruas que desembocavam na praça central da cidade e não pude fugir ao sentimento de ironia e de revolta, pois uma se chamava Victor Hugo e a outra, Thiers. Quem não se recorda do imenso desprezo e rancor que o grande poeta e político republicano manteve em relação ao pérfido anão, que foi o principal responsável pelo massacre de centenas de revolucionários da Comuna de Paris, em 1871?

O golpe de 64 e a resistência do povo

Quando se vai comemorar, em 1º de abril, 30 anos do sanguinário golpe de estado, com apoio dos Estados Unidos da América do Norte, contra as instituições democráticas de nosso país, diariamente, alguns jornais escrevem artigos, com palavras ofensivas a heróis brasileiros, particularmente ao Capitão do Exército Carlos Lamarca. Infelizmente os mortos não se podem defender das mentiras e das calúnias. Há, entretanto, inúmeros brasileiros que sempre defenderão sua memória.

Leia mais…