INVERARTE SÃO PAULO

Com muita música, poesia, artes visuais, literatura e artes marciais, assim foi o Inverarte que aconteceu no dia 17 de dezembro de 2022, na Favela do Nhocuné na zona leste da capital paulista.

Com muita música, poesia, artes visuais, literatura e artes marciais, assim foi o Inverarte que aconteceu no dia 17 de dezembro de 2022, na Favela do Nhocuné na zona leste da capital paulista.

O evento que já acontece há várias edições no Rio de Janeiro, é o primeiro a acontecer em São Paulo. É promovido pelo Congresso Nacional de Lutas contra o Neoliberalismo, pelo Comitê de Luta da Favela Nhocuné e pela Juventude 5 de Julho.

Com diversas atrações culturais, o evento serviu para arrecadar fundos para o Comitê da Favela Nhocuné que há anos se desenvolve na luta social da região.

Sempre em tom de resistência, artistas locais tiveram a oportunidade de mostrar sua arte e transmitir sua mensagem de resistência em um momento em que a fome e as desigualdades sociais avançam em nosso país. A solidariedade ganha destaque no cenário em a Crise Orgânica do capital tem causado grandes estragos nas vidas pessoas.

Camila Milani apresentou seu belíssimo trabalho autoral em forma de música popular e engajada com as lutas do povo, além de clássicos da nossa música brasileira. As músicas de Camila Milani esbanjam de sensibilidade com as questões do nosso povo, apontam os horrores que nós vivemos hoje, e apontam a organização como única saída, tudo isso com uma musicalidade que pega elementos de várias manifestações artísticas de Nossa América;

O Coletivo Papo de Comadre apresentou um pouco de seu trabalho contando sobre uma das rodas de leitura que fizeram, apresentando trechos da obra de Lubi Prates - Um Corpo Negro;

O Coletivo Novos Poetas da Vila Nhocuné fizeram uma apresentação de músicas e poesias autorais, com total influência do rap nacional e com o resgate de histórias de luta do nosso povo. O companheiro Jader também recitou uma de suas poesias, que muito nos agraciou;

O companheiro Javier Villanueva, autor de diversos livros, apresentou seu último lançamento "Inche Kai Che", e falou sobre a luta do povo Mapuche, retratado em seu livro, e que ainda hoje segue em luta;

O núcleo de Karatê da ABKC/SP apresentou um pouco de seu trabalho com jovens da região, mostrando técnicas de combate, além da incrível demostração de preparo físico dos atletas, também da Juventude 5 de Julho.

O artista plástico Hernando González apresentou algumas de suas obras que estavam expostas no local, e falou de suas inspirações e intenções quando desenha: o profundo sentimento latino-americano e intenção de retratar as vitórias do povo, e a vida possível em uma nova sociedade, diferente da que vivemos.

O evento fechou o ano com uma belíssima festa na região e com certeza serviu para levantar o ânimo de todos, além de ter sido um sucesso na arrecadação de finanças para o Comitê e sua organização.

Muitos outros Inverartes virão, e muitos outros artistas do nosso povo se apresentarão nesse espaço!

Sucursal SP

ACESSE IMAGENS DO EVENTO AQUI