Porto Rico

Posição Política - FALN

"Posição Política" Documento das Forças Armadas de Libertação Nacional (Porto Rico) Em inglês e espanhol

FALN: Posição Política

Extrato do documento original das Forças Armadas de Libertação Nacional, “Posição Política”, traduzido para o português

Carlos Alberto Torres

Carlos Alberto Torres foi preso aos 28 anos, em 1980, por militar nas Forças Armadas de Libertação Nacional, organização político militar porto-riquenha liderada por Filiberto Ojeda nos EUA. Não foi acusado de nenhuma ação concreta específica, tendo sido condenado a 88 anos de prisão. LIBERDADE JÁ PARA O CAMARADA CARLOS ALBERTO TORRES!

Oscar Lopez Rivera

Militante do Exército Popular de Boricua - Los Macheteros, organização político-militar porto-riquenha dirigida por Filiberto Ojeda nos EUA, Oscar Lopez Rivera foi condenado a 70 anos de prisão. Recusou em 1999 a proposta de anistia feita pelo governo estadunidense sob a condição de que "se arrependesse", afirmando que não se arrepende, e que o crime é o colonialismo. LIBERDADE JÁ PARA O CAMARADA OSCAR LÓPEZ RIVERA!

Marie Haydée Beltrán Torres

Militante das Forças Armadas de Libertação Nacional, organização político militar porto-riquenha liderada por Filiberto Ojeda nos EUA, Marie Haidée Beltrán Torres foi presa aos 25 anos, em 1980. Foi a primeira prisioneira de guerra porto-riquenha a ser condenada à PRISÃO PERPÉTUA e recusou-se a aceitar os advogados de defesa do governo dos EUA, alegando que não fizera nada e que, ao ser prisioneira de guerra, como tal deveria ser julgada. Não foi acusada de nenhuma ação específica. LIBERDADE JÁ PARA A MARIE HAIDÉE BELTRÁN TORRES!

Avelino González Claudio

Militante do Exército Popularr de Boricua - Los Macheteros, organização político-militar porto-riquenha liderada por Filiberto Ojeda até sua morte em combate em 2005, Avelino González Claudio foi preso no último dia 7 de fevereiro de 2008 acusado de planejar a recuperação de 7 milhões de dólares de um carro-forte em 1983. Seu julgamento será no dia 6 de novembro deste ano, e É NECESSÁRIA A MOBILIZAÇÃO E SOLIDARIEDADE AO REDOR DO MUNDO. LIBERDADE JÁ PARA O CAMARADA AVELINO GONZÁLEZ CLAUDIO!