Política

A “pinguela” do governo golpista está se desmoronando

Apesar das falhas, limites e forma como vinha sendo conduzido o programa governamental petista, a população presenciou pela primeira vez o acesso aos direitos básicos, ao pleno emprego, ao maior programa de combate à pobreza, à educação, saúde, energia elétrica, saneamento básico, além de reconstruir a capacidade produtiva nacional etc. Essas extraordinárias mudanças no país ocorreram no mesmo momento de uma profunda crise geral do sistema capitalista internacional e sua globalização neoliberal.

As delações premiadas e a pirotecnia da mídia

As delações da Odebrecht veiculadas pela grande imprensa antes da homologação pela justiça é um caso grave de violação do Estado de direito no Brasil. O furo da notícia pelos principais veículos de comunicação do país, no caso das delações da Odebrecht contra vários políticos de grande projeção, é uma forma de consolidar o oligopólio da mídia em relação aos segredos de Estado e de Justiça.

O golpe jurídico-institucional e a demolição do estado do RJ

Desde o golpe jurídico-policial que criou uma falsa acusação de crime de responsabilidade contra a presidenta Dilma Rousseff, levando ao seu impedimento político, e despojando-a de seu legal e legítimo mandato presidencial, havendo por parte de seus difamadores togados, parlamentários ou serventuários policiais muitas falsas promessas de tempos melhores para os trabalhadores, após a retirada da presidenta Dilma do governo, e de seu partido, o PT, que assumiu posições políticas importantes no cenário nacional e internacional, seus algozes alçaram a acusação de incompetência da referida organização como causa dos acontecimentos políticos, morais, ideológicos, e econômico-financeiros que estamos vivendo em nosso território; empreendendo sua desmoralização política.