Economia

Crise da dívida na Europa?

Se na década de 1980 as crises da dívida externa massacraram os povos latino-americanos e assustaram os bancos estadunidenses, seus maiores credores, o cenário no momento é de crise da dívida dos países periféricos da Europa, inclusive aqueles na União Europeia, refletindo a manifestação da crise estrutural do capitalismo precipitada nos EUA em 2008 e podendo generalizar-se em nova onda de aprofundamento da crise mundial.

Inflação é pretexto para aumentar juros

A possível alta da inflação que estaria associada ao crescimento econômico tem sido utilizada como pretexto para aumentar a taxa básica de juros da economia brasileira (Selic). Na realidade, os juros altos beneficiam a fração financeira da burguesia interna e da oligarquia internacional com negócios no país. Durante o governo Lula, os lucros dos bancos no Brasil estiveram sempre entre os dez maiores no mundo.

Enchentes, leilões de alimentos e saques

Uma reportagem do Correio Braziliense, em 25/06, denunciou mais este flagelo a que está submetido o povo nas cidades atingidas pelas enchentes: em meio a desgraça toda, os capitalistas tentam tirar algum proveito vendendo um galão de 20 litros de água a R$ 20, o quilo de carne passa dos R$ 40, o botijão de gás a R$ 70 e um litro de leite é encontrado por R$ 17.