Debate

Revisão de lei de anistia pretende julgar militares torturadores

O Governo Brasileiro deu início, em dezembro do ano passo, ao processo que levará à criação de uma comissão, que tem como objetivo investigar casos de violação de direitos humanos durante o regime militar, incluindo o levantamento de possíveis responsáveis. Se aprovada pelo congresso, a chamada Comissão da Verdade deverá divulgar relatórios anuais, com a “apuração e o esclarecimento público das violações de diretos humanos” praticadas durante a Ditadura.

E quanto a nós? Qual a parte que nos cabe desse latifúndio?

Durante certo tempo, pensei sobre o que escreveria em relação à situação feminina na nossa sociedade. Ponderei, portanto, alguns argumentos para explicar sucintamente o que acontece com a mulher hoje. É fundamental, porém, fugir do complexo de perseguição que muitas mulheres tomam a si mesma.

Mídia: “Ópio do povo” e braço direito do capitalismo liberal

É por demais conhecida a frase de Marx referindo-se à religião para que alonguemos em analisá-la detalhadamente em seu contexto original. Em rápidas palavras, a crítica marxista da religião pertence à fase de sua juventude, antes da “divisão de trabalho” com Engels (Marx se dedicou a infraestrutura e Engels às superestruturas). Devemos ressaltar, entretanto, que o ópio, além de entorpecer as massas, tira a dor e o sofrimento dos usuários, que são iludidos e não tem consciência de que existe uma alternativa ao seu consumo. No capitalismo liberal pós-moderno, a religião foi substituída pela mídia, que tem as mesmas funções da religião no século XIX.