Movimento

SINDIPETRO-RJ: “A privatização é um crime de lesa-pátria”

O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria do Petróleo do Rio de Janeiro, que completará 50 anos de existência, trazendo em sua história um legado de lutas como a resistência à ditadura militar de 64 e a histórica greve de 1995, que durou 35 dias, ainda no governo de FHC, e que hoje ocupa um papel importante no cenário econômico e político nacional e internacional devido à questão do petróleo e o biocombustível, fala ao INVERTA.