Movimento

Quem Faz o Movimento: Luiz Gonzaga de Macedo

Caboclo sertanejo, filho de retirantes, foi largado numa porteira quando menino, como ele mesmo relata: “os sertanejos que fugiam da seca para salvar os filhos, quando viam um animal com cria, deixavam lá seu próprio filho, pois sabiam que ali eles não morreriam de fome, pois ali teriam leite”. Assim aconteceu com nosso entrevistado. Este camarada é uma lição de vida, autodidata. Consciente da necessidade da teoria, sobretudo pelos oriundos das camadas mais oprimidas - pois “sem teoria revolucionária não há prática revolucionária”, como dizia Lênin -, devorou toda uma biblioteca quando prestou serviço militar e outra quando esteve preso em Fernando de Noronha. Assim aprendeu a ler e escrever sem nunca ter ido a escola, ou melhor, sua escola foi o Partido. Coerente com sua vida, o caboclo potiguar continua fazendo História. Aos 81 anos, ingressa nas fileiras do Partido Comunista Marxista-Leninista (PCML). Ele, que já foi vice-prefeito de Queimados, reafirma que para resolver o problema da classe trabalhadora só a Revolução.