politica-saude

Médicos cubanos saem do Brasil Fim Programa Mais Médicos

No dia 14 de novembro de 2018, o Ministério de Saúde Pública de Cuba divulgou declaração informando que, diante das referências depreciativas e ameaças à presença dos médicos cubanos proferidas pelo presidente eleito. Os médicos e médicas, em sua maioria, já retornaram à sua Pátria e foram recebidos como herois pelo presidente cubano Miguel Díaz-Canel Bermudez, em Havana. Nesta edição, a declaração do Ministério da Saúde de Cuba e a nota da Associação de Médicos egressos da Escola Latino Americana de Medicina -Cuba.

Declaração do Ministério da Saúde Pública

O Ministério da Saúde Pública da República de Cuba, comprometido com os princípios de solidariedade e humanistas que nortearam a cooperação médica cubana por 55 anos, está envolvido desde a sua criação, em agosto de 2013, no Programa Mais Médicos para o Brasil.