Debate

Segurança pública: política e polícia

A questão essencial da Segurança Pública, quando objeto de discussão, no âmbito do rotulado Estado Democrático de Direito, variação formal do poder burguês, emoldurado com normas jurídicas circunstanciais e transitórias, conforme os interesses da classe dominante, tem sido enfrentada de modo primitivamente empírico e ingenuamente ideológico, tanto pelo pensamento progressista, como pelos epígonos do conservadorismo.