Politica

Duas táticas da direita contra todo o povo

Parece que a fração burocrata entendeu que foi passada para trás. Também é evidente que não quer ser humilhada como está sendo o até então todo poderoso chefe do centrão (da escória nacional), o deputado Eduardo Cunha. Este foi usado e, agora, substituído por um medíocre parlamentar, Rodrigo Maia, de um medíocre partido (DEM), testas de ferro do PSDB.

Eleições municipais no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro – terceiro colégio eleitoral do país, ficando atrás apenas de São Paulo e Minas Gerais, tem 11,89 milhões de eleitores. O número representa 8,5% do eleitorado nacional, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A história não se repete, mas ensina

Neste momento, o principal problema para a classe trabalhadora é a possibilidade de ascensão do fascismo, pois este é – e vem sendo – usado pelo grande capital tanto na disputa interna quanto no ataque à classe trabalhadora.