Social

Greve dos professores paulistas

Os professores de São Paulo estão em greve e lutam por um aumento de 75% que igualaria o seu piso salarial com o funcionalismo de nível superior. Apesar da mídia e o governo de Alckmin mostram dados diferentes das reivindicações dos professores, mas categoria se mantém firme na sua luta. Veja também a luta dos servidores da Educação em Goiânia e Curitiba, são agredidos pela polícia.

A coragem de uma mãe

Mais um caso de assassinato chocou a população das comunidades pobres do Rio de Janeiro. A morte, em 2/4, de Eduardo de Jesus por um policial militar no Complexo do Alemão mostrou como é falha a política de segurança pública na cidade baseada nas UPPs (Unidades de Polícias Pacificadoras). A mãe do menino mostrou coragem ao acusar um PM de ter atirado na criança. O número de mortos pela polícia do Rio de Janeiro, segundo dados do Instituto de Segurança Pública, cresceu 40% entre 2013 e 2014, de 416 para 548.