23 anos do Inverta, 22 do Granma Internacional e 10 da Prensa Latina no Brasil

O jornal INVERTA convida a todos, militantes, amigos e simpatizantes para as atividades de comemoração do 23º aniversário do Jornal Inverta, 22 anos de circulação no Brasil do jornal Granma Internacional e 10 anos do acordo com a Agência de Notícias Latino-Americana (Prensa Latina), que serão realizadas nos dias 26 e 27 de setembro no Rio de Janeiro.

Nesta ocasião, estaremos organizando o ato político, o IX Seminário Internacional de Lutas contra o Neoliberalismo e o ato cultural.

A abertura será na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com a participação de representações internacionais de Cuba, Venezuela e outros países, dos Comitês de Luta contra o Neoliberalismo e pelo Socialismo, e organizações sociais que integram o Movimento Nacional de Lutas em todo o Brasil e que vêm fazendo desse encontro anual um momento de reflexão sobre suas lutas e de debates sobre os próximos passos das lutas sociais em nosso país e no mundo.

O tema central do encontro será “A crise do capital, a guerra imperialista e as lutas sociais”. Com esta abordagem, o Seminário pretende avaliar o descrédito e as derrotas que o neoliberalismo acumula em várias partes do mundo.

No entanto, não há quem acompanhe o que ocorre no mundo que não se pergunte se um conflito maior está por vir. Os dias que se seguiram à queda do avião da Malásia na Ucrânia e à guerra genocida do governo israelense contra os palestinos mobilizam novamente a consciência dos povos sobre a necessidade da luta pela paz e contra a guerra imperialista. Além disso, a reunião do BRICS em Fortaleza e a luta pela unidade latino-americana e tricontinental também serão temas de reflexão.

Para oferecer subsídios às lutas haverá um tema mais específico, voltado para “A crise do capital e suas implicações na educação e na saúde”. A particularidade da educação e sua relação com a crise do capital se expressa nos avanços do capital monopolista nesta área e nas contradições que a ampliação do acesso à educação tem trazido.

A luta por uma educação integral deve levar em conta esse desafio refletindo as mediações entre a conjuntura e as mudanças estruturais de médio e longo prazo.

A atuação dos comitês de luta contra o neoliberalismo na educação e por uma educação não capitalista, portanto socialista, podem ser as bases da campanha pela educação que organize os setores sociais que de fato precisam de uma educação pública voltada para a formação onilateral, que começa agora com a ampliação de vagas, e da luta pela qualidade, e que somente será alvo de mudanças estruturais com a revolução comunista.

Da mesma forma, identificamos avanços importantes na introdução do Programa Mais Médicos, que não resolve nenhum problema estrutural na saúde, mas permite abrir o debate sobre outro modelo de medicina voltada para a prevenção e revestida de conteúdo social.

Para apresentar seus estudos sobre os temas acima já estão confirmados os conferencistas Aluisio Pampolha Bevilaqua, Theotonio dos Santos, Gaudêncio Frigotto, Zacarias Gama e Ana Alice Teixeira.

Também estará presente o correspondente da Prensa Latina no Brasil Leovanis Garcia.

Assim, o Seminário terá o desafio de aproximar as lutas mais imediatas das organizações sociais com a luta mais geral contra o capital e pela alternativa comunista, para que assumam a forma tática de um Plano de Emergência que aponte na direção das mudanças estruturais.

A forma como as oligarquias intervieram nesse momento na campanha eleitoral demonstra que a queda de aviões em meio a uma guerra não pode ser considerada simples acidentes aéreos (como o avião da Malásia já apontara).

Como a atividade artística também tem um significado importante na luta dos trabalhadores por sua emancipação, não poderia faltar no aniversário do INVERTA o ato cultural, que será realizado no dia 27/09, no Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro (ISERJ).

Ele se inicia no almoço de adesão e encerra a programação com apresentações de música latino-americana, MPB, clássicos, rock, hip hop, baião, forró pé de serra, teatro, dança etc. Confira a programação completa no cartaz  acima.

Sucursal RJ