Itaú, o paraíso das demissões!

O Sindicato dos Bancários de Apucarana se mobilizou para paralisar as atividades na agências do Itaú que funciona no antigo Unibanco, em protesto contra novas demissões que já teriam sido confirmadas pela instituição bancária. Conforme o sindicato, “a prática da rotatividade pressupõe a demissão de funcionários com mais tempo de banco e a contratação de novos funcionários com salários inferiores”. Como as contratações estão suspensas, estas demissões refletem a eliminação de postos de trabalho no banco, segundo afirmaram dirigentes sindicais. O lucro do banco Itaú sobe no 1º trimestre e chega a R$ 3,47 bilhões, mesmo com a queda dos juros.