Entrevista com Sheila Gama (12)

Nesta edição a entrevistada Sheila Gama (12), uma das candidatas ao Segundo Turno nas Eleições Municipais em Nova Iguaçu, e indicada e apoiada pelo PCML também no Segundo Turno, relembra os essenciais ensinamentos e valores transmitidos por Leonel Brizola e Darcy Ribeiro

Nesta edição a entrevistada Sheila Gama (12) fala um pouco de sua trajetória política iniciada há mais de 35 anos no MDB e posteriormente no PDT, ainda no processo de redemocratização do país. Sheila Gama, uma das candidatas ao Segundo Turno nas Eleições Municipais em Nova Iguaçu, e indicada e apoiada pelo PCML também no Segundo Turno, relembra os essenciais ensinamentos e valores transmitidos por Leonel Brizola e Darcy Ribeiro; traça um quadro sobre a política internacional e a atual conjuntura nacional com o Governo Dilma Rousseff. Sheila Gama (12) apresenta também as propostas de sua candidatura à Prefeitura de Nova Iguaçu.

INV - Poderia falar em algumas palavras a sua origem?
SG - Sou de família humilde da zona da Leopoldina do Rio de Janeiro, estudei sempre em escola pública e me formei em Pedagogia pela UFF, em Niterói. Iniciei acompanhando, ajudando e coordenando as campanhas políticas do meu esposo, o ex-prefeito Aluísio Gama.

INV - Trace um perfil de sua vida política e a vida política em nosso país.
SG - Minha juventude foi marcada pelo período da repressão e da vigência de leis e decretos que proibiam a organização e as manifestações estudantis.
Vivi ao lado do meu marido toda uma vida de militância de mais de 35 anos no antigo MDB e em seguida no PDT, participando diretamente da luta pela redemocratização do país.

INV - Nessa trajetória, que momentos mais lhe marcaram?
SG - Os momentos mais marcantes de minha vida política são as caminhadas que me permitem o contato direto com a população humilde da baixada, momentos onde a acolhida e a ternura da população nos envolve e nos permite sentir a importância do nosso trabalho político como agentes transformadores na busca de uma sociedade igualitária.

INV - Tivemos várias personagens importantes em nosso país: Luiz Carlos Prestes e Leonel de Moura Brizola. Fale um pouco sobre estes queridos companheiros de luta do povo brasileiro e internacional.
SG - Luiz Carlos Prestes foi nossa liderança maior na luta contra as injustiças sociais e a miséria do povo. Gaúcho de Porto Alegre, de vocação revolucionária, marxista, encontrou no comunismo o instrumento para concretizar sua luta. O Cavaleiro da Esperança encontrou na teoria marxista o caminho para a realização de seus ideais de justiça social e liberdade, que, mesmo enfrentando sacrifícios, propunha para o povo brasileiro.

Lembro-me da presença marcante de Luiz Carlos Prestes nas reuniões do PDT assim como em reuniões e comícios na campanha vitoriosa de 1988 em que apoiou meu marido Aluisio Gama para Prefeito de Nova Iguaçu.

Tive a honra de trabalhar com seu filho Luiz Carlos, cineasta, como produtor-redator de minha campanha eleitoral de 2000.

O momento mais marcante desta relação ocorreu no seu sepultamento no Cemitério São João Batista no momento em que se chamavam os camaradas falecidos e o povo respondia PRESENTE.

Leonel de Moura Brizola, estadista, líder maior de meu partido – PDT - representa toda a inspiração de minha caminhada política.

Aprendi com Brizola que a grande revolução social brasileira dos nossos tempos se dará pela cultura. Um povo só atinge a liberdade quando obtém um alto nível educacional. O caminho da educação preconizado por Darcy Ribeiro e implantado por Brizola é a solução para essa caminhada revolucionária. Brizola VIVE, porque seus ideais são mantidos em nossas bandeiras de lutas políticas.

INV - Trace um perfil de como você e o ex-prefeito Lindbergh Farias encontraram a cidade de N.I.
SG - Nossa luta política em Nova Iguaçu sempre representou desde a vitória de 1988 o enfrentamento da velha oligarquia iguaçuana, conservadora, centralizadora e autoritária, que agora em 2012 tenta retornar ao poder através de meu adversário.

Encontramos Nova Iguaçu com sua periferia abandonada e com uma baixa qualidade de vida, expressa por uma infraestrutura deficiente e até inexistente.
As emancipações incentivadas pelo Prefeito Aluísio Gama, de 1989 a 1992, foram o resultado da grande indiferença da oligarquia iguaçuana pelas populações marginalizadas dentro do município.

INV - Quais foram suas realizações neste mandato na educação, saúde, saneamento, moradia e cultura?
SG - O mandato de quatro anos foi dividido entre o Lindebergue Farias e eu. Estou governando há cerca de dois anos. Fizemos algumas iniciativas na saúde, como investimento no Hospital Geral da Posse e nos Mini Postos, no saneamento e obras, recapeamos vários pontos da cidade. Valorizamos o servidor: fizemos o plano de cargos e salários, na moradia investimos juntamente com a proposta do governo federal de Minha Casa Minha Vida, entregamos milhares de casa ao cidadão iguaçuano, porém nossa prioridade foi na educação e cultura, pois além de meu partido ter esta questão como princípio a exemplo de Brizola e Darcy Ribeiro com o projeto dos CIEPs, ela é também o elemento que garante a elevação da formação do povo o que proporciona uma vida com dignidade e liberdade. Por isso nosso governo implantou a educação em tempo integral com excelente projeto pedagógico que contempla também material escolar, uniformes (de verão e inverno), merenda de qualidade, etc.


INV - Neste momento é anunciado que a Europa passa por uma crise econômica. Como a Senhora analisa essa crise, e ela interferir na política econômica de NI?
SG - No plano econômico mundial, o ano de 2011 foi marcado pela crise econômica na União Europeia. Em função da globalização econômica que vivemos na atualidade, a crise se espalhou por todo o mundo, derrubando índices das bolsas de valores e criando um clima de pessimismo na esfera econômica mundial. Graças a medidas acertadas do governo Lula, a economia brasileira tem conseguido se manter sem se contaminar de forma grave, tendo em vista as suas ações preventivas no sentido de evitar o desemprego, a escassez de crédito, queda do PIB, dentre outros.

No sentido de prevenção iguaçuana, estamos iniciando a implantação do Distrito Industrial, condições para o funcionamento do aeroporto e a construção de um sistema de transporte suspenso sobre trilhos (Aeromóvel), gerando empregos diretos e indiretos, aumentando os programas sociais de transferência de renda e de criação do Banco do Povo.


INV - Como ver o papel da mulher na sociedade e na política, quais são os seus projetos para elas?
SG - É marcante a evolução da mulher como novas lideranças na sociedade e na política. Na área política, além de destaques importantíssimos, como a Presidenta Dilma e várias Ministras e Senadoras, a exigência da nova legislação de percentuais mínimos de candidatas femininas abriu espaço para que aflorassem muitas vocações políticas que hoje integram o Congresso Nacional e as Câmaras de Deputados e Vereadores.

Na área empresarial e trabalhadora, essa presença se faz marcante também chegando a preponderar em várias áreas científicas e técnicas.
Uma de minhas iniciativas neste sentido tem sido o aumento de creches para o amparo de seus filhos no horário de trabalho e a entrega de escritura de propriedades em nome de mulheres, dentre outras.

INV - Quais sãos seus projetos para a população de Nova Iguaçu?

SG - Estão em meu Plano de Governo:

Na Educação: “Reforma e Ampliação de todas as Escolas Municipais e Construção de novas Escolas e Creches”, em número suficiente para continuar garantindo que nenhuma criança fique fora da sala de aula. Transporte Gratuito Exclusivo para os estudantes. Instalar nas Escolas Municipais e Associações de Moradores, em horário noturno, “Grupo de Alfabetização de Jovens e Adultos”, coordenado pelos Conselhos Comunitários para reduzir a zero o analfabetismo em Nova Iguaçu. Contribuir para o crescimento da Universidade Pública e Gratuita. Continuar a Supervisão para acompanhamento da integração, na rede pública regular, das crianças portadoras de necessidades especiais, incorporando-as, sem discriminação, no ambiente natural de todas as crianças de sua idade, e construção de “Centros Especializados” para apoiar e preparar esta integração. “Criação de Núcleo de Treinamento em Informática” em todas as Escolas da Rede Municipal de Ensino, aberto à Comunidade. Continuar e ampliar a “Proposta de Educação em Tempo Integral”, conforme ensinamentos do Prof. DARCY RIBEIRO.

Na Saúde: Desenvolver “Programas de Saúde Preventiva” e realizar o atendimento primário através da rede pública de Postos de Saúde. “Ampliação da Integração dos Postos de Saúde Comunitários” ao Programa de Saúde Municipal. Implantação do “Programa Médico de Família” nos bairros da Cidade. Continuação do “Programa Radical de Combate à Mortalidade Infantil” através do acompanhamento pré e pós-natal pelo médico de família e da garantia do aleitamento materno. Implantação do Programa de Saúde “Tudo às Claras”, onde cada cidadão iguaçuano possa ter direito à cirurgia e tratamento de doenças como Astigmatismo, Miopia, Hipermetropia, Catarata, Glaucoma e outras doenças de visão.

Transporte e Segurança: Construção do Sistema Aeromóvel, com Ramais Circular: Centro/Santa Rita e Centro/Cabuçu, conforme nosso projeto já aprovado pela Presidente Dilma Rousseff, com recursos autorizados do PAC 2 – Mobilidade. O Aeromóvel vai revolucionar o sistema de transporte de Nova Iguaçu. Lutar para a “Reativação do Ramal Linha Auxiliar” da via férrea, que liga Austin/Bairro do Amaral/Santa Rita/Miguel Couto/Boa Esperança/Nova América/Caioaba/Vila Operária/BNH/Rocha Sobrinho/Vila Norma/Éden/Coelho da Rocha/São João de Meriti, atendendo, assim, antiga aspiração da massa trabalhadora. Construção de “Terminais Rodoviários” em diversas localidades e, criação de “Corredores Expressos de Ligação” entre esses Terminais Rodoviários e os Terminais Ferroviários. Nesses Corredores, em horários de pico de demanda, a operação se dará com tarifas especiais reduzidas, de modo a integrar e baratear os custos de transportes para a massa trabalhadora e diminuir o fluxo de transporte coletivo no centro da cidade. Implantação do transporte aéreo de passageiros e de cargas no Aeroporto de Nova Iguaçu. Lutar pela construção de túnel ligando a Estrada de Madureira a Avenida Brasil.
Monitoramento por câmeras das principais áreas. Ampliação de policiamento da cidade através de convênio com a PMRJ. Criação de Guarda Municipal.

Emprego: Criação de Novo Distrito Industrial de Nova Iguaçu, dotando-o de toda infraestrutura básica necessária, oferecendo às novas indústrias incentivas fiscais atraentes. Ampliação do Pró-Jovem, visando maior oferta de mão de obra qualificada. Criação das “Frentes Municipais de Trabalho”, através da atuação efetiva das Subprefeituras e do Programa Municipal de Obras Públicas.

Funcionalismo: Contínua atualização dos níveis salariais dos funcionários. Realizar, com recursos municipais e recursos do FUNDEB, o “Programa de Educação Continuada para Professores”, através de treinamento, atualização e qualificação.

Participação Popular: “Implantação dos Conselhos Comunitários das Subprefeituras”, de sorte a propor e priorizar as obras públicas e as ações sociais que deverão ser realizadas pelo Governo. Criação do “Orçamento Participativo”, através de ação direta e discussão ampla nos Conselhos Comunitários das Subprefeituras, junto ao Poder Executivo. Continuar a “Instalação das Subprefeituras de Nova Iguaçu”, regionalizando a administração e dotando-as de Máquinas, Equipamentos, Caminhões-caçamba, Caminhões SOS-Bueiros e Ambulâncias. Construção, em cada uma das Subprefeituras, do “Mercado do Produtor”, de sorte a se garantir alimento de qualidade e barato para a população.

Social: Incentivar e apoiar as atividades desenvolvidas pelo Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente. Ampliar o “Programa Municipal de Renda Mínima”, garantindo sobrevivência com dignidade às famílias que estejam vivendo na condição de pobreza absoluta.

Campanhas Permanentes de Ações Sociais: “Casa do Cidadão” para o atendimento e o encaminhamento das questões sociais da população humilde do Município, dotando-a, também de Unidades Volantes. Coordenação e Ampliação da Rede Municipal de Creches. Ampliar as atividades do Espaço Municipal da Terceira Idade – ESMUTI. Isenção de Taxa de Iluminação Pública para pessoas com deficiência e idosos acima de 65 anos, com renda familiar de até 2 (dois) salários mínimos. Obras e Urbanismo: Realizar “Grande Programa de obras de Saneamento”. Ampliar o “Programa de Iluminação Pública” digna, a todas as ruas da Cidade. Programa de Interligação Viária, através da construção de “Viadutos de Transposição” sobre a Via Férrea, nas localidades de Comendador Soares e Nova América. Ligação da Cerâmica à Comendador Soares pela Rua Thomás Fonseca, através da construção de “Túnel Sob a Rodovia Presidente Dutra”. Incentivo e desconto no carnê de IPTU, do cidadão que fizer e manter conservada a calçada em frente a sua residência.

Meio Ambiente e Lixo Urbano: “Preservação das Áreas de Proteção Ambiental” assegurando, através do Plano Diretor, a manutenção do equilíbrio ecológico ambiental da Cidade. Atuar pela “Preservação do Meio Ambiente”, através da realização de fiscalização permanente e de campanhas de esclarecimento à população. Humanização da malha urbana da cidade, através do “Programa Permanente de Arborização”, envolvendo estudantes, Subprefeituras, iniciativa privada e comunidades. Inserir na Grade Curricular, a disciplina “Conhecimentos Gerais – Meio Ambiente”, criando o “Programa Educacional Sistêmico da Coleta Seletiva do Lixo Domiciliar Urbano”. Implantação de Eco-Pontos, para recebimento e destinação final adequados dos resíduos provenientes das obras de construção civil.

Habitação e Assuntos Fundiários: Criação da “COMPANHIA DE HABITAÇÃO DE NOVA IGUAÇU – COHABNI”, visando a ampliação de construção de “Casas Populares” para a população carente. Legalização das áreas ocupadas, dotando-as de infraestrutura básica, integrando-as ao contexto urbano Municipal.

Esporte e Lazer: Ampliação do “Calendário Anual de Eventos Esportivos” no Município. Construção de novas áreas para prática de esportes e lazer em praças públicas. Construção, em cada uma das Subprefeituras, de “Centros Polivalentes” para o Desenvolvimento de Eventos e Prática de Esportes. Desenvolver o Programa de “Ruas de Lazer” e Apoio às Entidades Esportivas do Município. Construção de novos “Centros Esportivos Municipais”, dotados de Campo de Futebol, Quadras Esportivas Polivalentes, Instalações para Atletismo e Parque Aquático.

Cultura: Ampliação do “Calendário Anual de Cultura Municipal”. Construção do “Espaço Cultural Iguaçuano”, dotado de Teatro, Cinemas, Salas de Exposição de Arte, Museu, Biblioteca e Escola de Artes. Construção de “Bibliotecas Municipais Volantes”.

INV - Neste momento quais são suas palavras para o povo iguaçuano e brasileiro?
SG - Palavras de esperança, pois, nacionalmente, o Governo Dilma vem dando continuidade ao Governo Lula, priorizando a área social, realizando a tão sonhada transferência de renda, não permitindo a contaminação da nova economia com a crise mundial e lutando pelo desenvolvimento econômico, político e social do país.

Em Nova Iguaçu, estamos vivendo um novo tempo, com investimentos em infraestrutura (saneamento, água, asfalto, etc.), educação de qualidade em tempo integral, melhoria do sistema de saúde com gestão integrada, reforma de postos, construção de hospitais, concursos públicos, condições de funcionamento do aeroporto, implantação do aeromóvel atendendo às exigências ambientais e solucionando o problema de transporte e trânsito iguaçuano, ampliação da segurança no Município com criação da Guarda Municipal, exigência de acessibilidade na rede urbana, aumento do programa de habitação “Minha Casa, Minha Vida” mais programas sociais de atendimento à população carente (bolsa-família, leite, qualificação profissional, etc.).

Osmarina Portal