Revolução de 1964? Não. Golpe contra o povo brasileiro!

O Jornal Diário do Nordeste de 22/03 destaca a nova legenda partidária que está sendo criada, liderada pelo Prefeito da cidade de São Paulo Gilberto Kassab, o Partido Social Democrático (PSD).
Seguindo a linha da Folha de São Paulo e sua “ditabranda” e em desrespeito ao povo cearense, já que este é majoritariamente o seu público alvo, e aos bravos revolucionários, estes sim, que lutaram contra a ditadura civil-militar que governou este país entre os anos de 1964 e 1985, o periódico aponta que “Antes da Revolução de 1964, o PSD era uma das agremiações mais fortes no Ceará, concorrendo com a UDN”, e posteriormente repete o desatino quando “no plano nacional, o PSD foi criado em julho de 1945 e extinto por um Ato Institucional, no Regime Revolucionário, em outubro de 1965”.


O regime instalado no Brasil, a partir do GOLPE de 1964 não foi REVOLUCIONÁRIO, foi sim o lado obscuro da nossa história recente, que vez por outra é enaltecido por esta mídia nazifascista, que presta um desserviço ao público, em especial quando deseduca os nossos jovens, omitindo dos mesmos a sua história, seus mártires e seus carrascos.


Aos nossos leitores deixamos o significado de REVOLUÇÃO:


"É sentido de momento histórico; é mudar tudo que deve ser mudado; é igualdade e liberdade plenas; é ser tratado e tratar os demais como seres humanos; é emancipar-nos por nós mesmos e com nossos próprios esforços; é desafiar poderosas forças dominantes dentro e fora do âmbito social e nacional; é defender valores nos quais se crê ao preço de qualquer sacrifício; é modéstia, desinteresse, altruísmo, solidariedade e heroísmo; é lutar com audácia, inteligência e realismo; é não mentir jamais nem violar princípios éticos; é convicção profunda de que não existe força no mundo capas de esmagar a força da verdade e as ideias" (Fidel Castro Ruz).

Comitê de Luta Contra o Neoliberalismo-CE