Viva o Movimento 26 de Julho

A Juventude 5 de Julho de São Paulo recorda e saúda o dia 26 de julho como o o Dia da Rebeldia Cubana para homenagear a luta revolucionária do povo cubano e o Movimento 26 de Julho, liderado por Fidel Castro, que levou a luta revolucionário à vitória em Cuba em janeiro de 1959.

Em 26 de julho de 1953, Fidel Castro, líder da Revolução Cubana, e um grupo de revolucionários organizaram um ataque ao Quartel Moncada, em Santiago de Cuba e, ao mesmo tempo, acontecia outro ataque ao Quartel Carlos Manuel de Céspedes, em Bayamo. Eles lutavam contra a ditadura de Fulgencio Batista, apoiado pelo imperialismo estadunidense. No entanto, os ataques não foram bem sucedidos.

Fidel foi preso e após seu julgamento foi exilado ao México. Junto de seu irmão, Raúl Castro, Camilo Cienfuegos, Che Guevara e outros revolucionários formaram uma organização de luta contra Batista, assim nasce o Movimento 26 de Julho. O nome é dado em referência ao assalto do Quartel de Moncada, que foi o embrião da luta revolucionária em Cuba.

O M-26 volta a Cuba em 1956 e assim começa a luta guerrilheira na Serra Maestra. O movimento, além de lutar contra a ditadura, auxiliava os moradores por onde passavam, ajudando com saúde e alfabetização, o que lhes deu um grande apoio popular. Dessa forma, em 1º de janeiro de 1959, após cerca de três anos de luta, Fidel e o povo cubano entram vitoriosos em Havana.

Atualmente em Cuba e em vários lugares do mundo se comemora o Dia da Rebeldia Cubana para homenagear o dia 26 de Julho para recordar e saudar a luta revolucionária do povo cubano e o M-26.

Devemos saudar o Movimento 26 de Julho pelo exemplo que deu ao mundo contra o imperialismo e a opressão capitalista, lutando para a construção da sociedade socialista.


Saudações ao M-26!

Viva Fidel Castro! Viva a Revolução Cubana e seu povo!


J5J - SP