Social

Brasil: democracia para quem?

Um relato sobre vários crimes cometidos contra o povo, como as chacinas de Acari, Candelária, Alemão, até as mortes ocorridas em 2010, ressaltando a tática amplamente utilizada pelos grupos de extermínio atuais, herdeiros dos esquadrões da morte do regime cívico-militar, e ou pelas milícias, presentes em muitas regiões pobres do Rio.

O Paraná e as reformas sociais

Uma análise de conjuntura do Estado do Paraná e do Governo Requião, que tem se destacado na mídia nacional pelas reformas sociais promovidas com intuito de atender r à classe trabalhadora mais empobrecida, que cresce diante da crise do capital.

Água e óleo, sol e peneira

Água e Óleo. Sol e Peneira. Essas máximas são cada vez mais evidentes entre as instituições repressivas e os pobres. Depois que o comandante em chefe dos capitães do mato (primeiro modelo de polícia no Brasil), Domingos Jorge Velho matou Zumbi dos Palmares, o governador de Pernambuco, Caetano de Melo e Castro, faz o primeiro projeto para o setor de segurança pública. O propósito, do projeto, era aproximar os capitães do mato, com os que sobraram, após a matança que destruiu Palmares.

Morre um cidadão gonçalense

No domingo do dia 14 de março às 21 horas, o jovem Fábio Lourenço de 20 anos que voltava para casa, após um enfadonho dia de trabalho, foi, tragicamente, surpreendido por um fio de alta tensão, que se rompera devido a queda de uma árvore causada pelo último temporal. Ele morreu eletrocutado, em frente à rua onde morava.