Política

Crise Fabricada

No final do ano de 2009, o povo brasileiro foi surpreendido pelas publicações dos jornais Estado de São Paulo e Folha de São Paulo, que anunciaram uma suposta “crise” no governo Lula, tendo, de um lado, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, o ministro do Exército, general Enzo Martins Peri e da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito e, de outro, o Secretário Nacional de Direitos Humanos, Paulo Vanucchi e o ministro da Justiça,Tarso Genro, por motivo do decreto governamental para a Criação da Comissão Nacional da Verdade.

As forças em jogo nas eleições presidenciais

Mesmo antes do calendário da justiça eleitoral e das convenções partidárias, o teatro eleitoral está praticamente definido. Estão em disputa as duas principais forças políticas nacionais. De um lado, a velhaca direita, agora intitulada de “oposição”, e de outro, a “centro-esquerda” (“centro” por suas posições políticas vacilarem entre neoliberiais e populares e “esquerda” por marketing, já que não vão além de medidas compensatórias e fisiológicas).