Economia

O Esquema Bilionário da Gripe Suína

Milhões têm sido gastos pelos governos do mundo no combate à gripe suína, que até agora fez menos vítimas que a gripe comum. Enquanto isso, a empresa que detém a patente do Tamiflu, usado para combatê-la, foi presidida de 1997 a 2001 pelo ex-secretário de Estado dos EUA, Donald Rumsfeld

O lobby da GlaxoSmithKline sobre o governo inglês

Apesar de menos escandalosas que o vínculo do ex-secretário de Defesa dos EUA com a produção massiva de Tamiflu para curar epidemias que jamais chegaram a ter elevada taxa de mortalidade, os vínculos entre a GSK e o governo inglês para a produção do antiviral Relenza e de vacinas contra a gripe suína não são menos importantes.

Ações da Roche e da Glaxo sobem apesar da crise

No primeiro semestre de 2009, a Roche Holding AG faturou U$ 22,52 bilhões, com lucro de U$ 3,8 bilhões. Os remédios mais vendidos foram o Avastin e o Mabthera-Rituxan, contra cânceres. Apenas com as vendas do Tamiflu (4° lugar), a Roche faturou U$ 938 milhões – 203% mais que no mesmo período de 2008.

Tamiflu pode causar danos neurológicos e câncer

O tamiflu sequer foi testado propriamente pelas agências sanitárias. Alguns médicos acreditam que sua administração controlada é necessária não apenas para evitar o desenvolvimento de uma cepa do vírus resistente ao medicamento, mas também porque seus “efeitos colaterais não desejáveis” superariam seus eventuais benefícios.