Social

Verdades absolutas e o aborto no Brasil

Segundo dados do Instituto de Medicina Social, de 2000 a 2004, ocorreram, no Brasil, 697 óbitos em consequência de gravidez que termina em aborto, principalmente em jovens de 20 a 29 anos, com 323 óbitos nesta faixa etária. Relatório da OMS de 2005 aponta, ainda, que 21% das mortes relacionadas com a gravidez, o parto e o pós-parto, em países da AL e Caribe têm como causa as complicações do aborto realizado de forma insegura. A polêmica do aborto vem à tona novamente, quando uma menina de 9 anos, vítima de abuso sexual por parte do padrasto, conseguiu da Justiça autorização para interromper a gravidez, amparada judicialmente. A Igreja Católica, com suas verdades absolutas da Idade Média excomungou todos os envolvidos.

Volta às aulas em São Paulo

O início do ano letivo para os cerca de 5 milhões de estudantes da rede estadual de São Paulo não começou bem e foi adiado do dia 11 para o dia 16 do mês de fevereiro devido a uma liminar concedida pela Justiça que altera a atribuição de aulas para os professores temporários da rede.

Ditadura nos olhos dos outros é refresco

No dia 7 de março, foi realizado em frente ao jornal Folha de São Paulo um ato em repúdio à revisão histórica feita no editorial do dia 17 de fevereiro desse jornal. Inconformada com a vitória democrática do Presidente Hugo Chávez no referendo realizado no dia 15, a Folha publicou em seu editorial uma inverídica “revisão histórica”, denominando de “ditabranda” os anos de chumbo no Brasil. A direção editorial desse jornal insulta a memória dos milhares de brasileiros e brasileiras que lutaram contra a ditadura militar no Brasil.