Especial CCB

Especial CCB

A CCB Brasil promoveu diversos atos no dia 6

Como forma de repúdio à ação implementada pelo governo colombiano de Alvaro Uribe Veléz, de invadir o território do Equador, atentando contra a soberania deste país, ação esta que matou a guerrileiros das Forças Armadas da Colômbia – EP (FARC-EP), entre eles o Comandante Raúl Reyes, a CCB realizou no dia 6 de março protestos em diversas cidades como Rio de Janeiro, Pelotas, Fortaleza e São Paulo.

Nota de desagravo às FARC, ao Equador e à Venezuela

A Coordenadora Continental Bolivariana - Capítulo Brasil Luiz Carlos Prestes diante dos trágicos acontecimentos em Nossa América, a violação do espaço aéreo e territorial do Equador por parte do exército colombiano e o actus bellicus assassino que resultou no massacre de 16 guerrilheiros, entre os mortos o Comandante Raúl Reyes e o Comandante Julian Conrado, em um acampamento das FARC-EP, às 3 horas do dia 29 de fevereiro para o dia 1 de março, na zona fronteiriça co Equador, conhecida como Sucumbíos, vem através deste Comunicado expressar seu desagravo à luta das FARC-EP e ao Povo Colombiano em sua iniciativa de paz (Troca Humanitária de prisioneiros) e o seu reconhecimento como força beligerante.