Esporte na Favela

A exposição fotográfica “Esporte na Favela” aberta para o público dia 21 de agosto no Centro Cultural Banco do Brasil é imperdível. Ela mostra uma visão diferenciada e desprovida de preconceitos sobre a prática do esporte nas favelas do Rio de Janeiro.

Esporte na Favela


A fotografia é uma manifestação técnica do processo de conhecimento, através da visibilidade e da presença às vezes ameaçadora da luz.

Paul Virílio


A exposição fotográfica “Esporte na Favela” aberta para o público dia 21 de agosto no Centro Cultural Banco do Brasil é imperdível. Ela mostra uma visão diferenciada e desprovida de preconceitos sobre a prática do esporte nas favelas do Rio de Janeiro. Estão expostas 100 imagens que retratam as diferentes práticas esportivas, em 13 favelas localizadas próximas às vias de acesso onde ocorreram as competições dos Jogos Pan-Americanos. Ela pretende abrir uma discussão sobre o legado que o Pan 2007 poderá deixar no futuro da população daquelas localidades. Passada a festa e a euforia após os quinze dias de competição, os moradores daquelas comunidades perguntam o que poderá melhorar no cotidiano dos moradores.

As favelas desde seu início, em 1897, sempre se constituíram em problema para as autoridades e em solução para uma grande parte da população, proporcionando uma visão estereotipada e uma ameaça para os moradores da zona urbana. Parte da mídia segue essa visão preconceituosa que vê nas favelas uma doença de difícil tratamento, e foco de todos os males que afligem a cidade. A visão equivocada da existência de duas cidades, de uma cidade partida, de uma cidade do bem, e de uma cidade do mal necessita ser desmistificada.

A mostra fotográfica feita por jovens moradores em favelas, e que pertencem à Agência Imagens do Povo, sob a orientação de Dante Gastaldoni e João Roberto Ripper, ambos com larga experiência nos meandros da fotografia, vem desmistificar a visão estigmatizada da favela como fonte de todos os males.

“Fotografar é escrever com a luz”, é desvelar o que permanece oculto. A coletânea de fotografias expostas no CCBB, que fica até o dia 16 de setembro, aberta ao público, vem demonstrar por meio da linguagem fotográfica o que permanece oculto. Revela, principalmente, o esforço conjunto dos fotógrafos que participam da exposição e dos pequenos atletas caminhando juntos na construção de um Brasil melhor.

Esporte na Favela: CCBB, Rua Primeiro de Março 66, Centro.

Fica até 16 /09/2007 de 10h às 21h, 1º andar, entrada franca.

 

Alcyr Cavalcante

sah
sah disse:
13/01/2011 17h31
ajudou mt no meu projeto escolar :}
Comentários foram desativados.