Agora, a luta do Sinfa é pelo Plano de Carreira

 

A um passo dessa importante vitória: o enquadramento dos antigos especialistas, a direção do Sinfa-RJ mergulha de cabeça no que considera a sua maior batalha. Trata-se da luta pela criação de um Plano de Carreira que contemple todos os servidores civis do Ministério da Defesa (Exército, Marinha e Aeronáutica), inclusive os aposentados.

Com o Plano de Carreira queremos dar dignidade aos servidores civis dos Comandos Militares, desde o mais humilde ao mais graduado. Vamos acabar com a indecência da complementação salarial que atinge cerca de 90% da categoria. E queremos garantir essa mesma dignidade aos aposentados. Estes servidores deram anos de suas vidas ao serviço público e hoje sobrevivem com proventos miseráveis que mal dão para os remédios.

Vale lembrar que o Sinfa-RJ é o pioneiro na luta pela criação de um Plano de Carreira para os servidores civis do Ministério da Defesa. Essa luta foi iniciada em 98 simultaneamente as mobilizações pelo enquadramento.

Certos de que a união faz a força, a direção do Sinfa-RJ buscou o engajamento de outras entidades na defesa do Plano de Carreira e já contamos com a adesão da Associação dos Servidores Civis da Marinha (ASCM); Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Tecnologia Militar (Anscatem) e do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Federal do Rio de Janeiro (Sintrasef) e da Condsef.

Mas, para o Sinfa, nesta luta é preciso mais que isso. É necessário a união e mobilização de todos os servidores civis dos Comandos Militares, inclusive, aposentados. Só assim teremos a certeza de que seremos mais uma vez vitoriosos.