Movimento

Paralisação dos funcionários das universidades estaduais em SP

Nos dias 24/05 e 14/06, os funcionários das universidades estaduais paulistas iniciaram paralisação, por decisão do Fórum das Seis, que reúne as entidades representativas dos funcionários e professores da USP, UNESP, UNICAMP e do Centro Paulo A. Souza (FATEC). Em 14/06, o Fórum das Seis sentou com o presidente da Assembléia Legislativa, junto ao CRUESP (Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas), para discutir a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que define o repasse financeiro do governo para as universidades paulistas; e com o próprio CRUESP, para negociar questões como reajuste salarial, maior repasse às universidades e assistência estudantil. O INVERTA entrevistou Emerson Meireles, funcionário da USP e conselheiro diretor de base do SINTUSP (Sindicato dos Trabalhadores da USP), para colocar sua versão sobre o que acontece.