Povo palestino rechaça “paz” da CIA

Fracassou enormemente a reunião do chefe da CIA (serviço de espionagem dos EUA), George Tenet, como negociador de uma “paz” entre israelenses e palestinos. A delegação palestina rejeitou as propostas da CIA pró-Israel.

Povo palestino rechaça “paz” da CIA



Fracassou enormemente a reunião do chefe da CIA (serviço de espionagem dos EUA), George Tenet, como negociador de uma “paz” entre israelenses e palestinos. A delegação palestina rejeitou as propostas da CIA pró-Israel.

A política utilizada é a de colocar num posto diplomático o chefe da central de espionagem, cuja ordem é promover a guerra, com seus informantes infiltrados em todo mundo, a fim de desestabilizar governos que não sejam aliados/subservientes ao Tio Sam.

Os EUA historicamente dão suporte econômico, político e bélico a Israel, permitindo àquele governo promover a guerra contra o povo palestino.

Tal política, portanto, só pode ter como finalidade promover a “paz” dos cemitérios - entenderam as autoridades palestinas.