EUA negam apoio a Menem

O ex-embaixador dos Estados Unidos na Argentina, James Cheek, como era de se esperar, negou que Menem tenha vendido armas para a Croácia e o Equador para atender às necessidades de Washington.

EUA negam apoio a Menem



O ex-embaixador dos Estados Unidos na Argentina, James Cheek, como era de se esperar, negou que Menem tenha vendido armas para a Croácia e o Equador para atender às necessidades de Washington. O ex-presidente argentino Carlos Menem está atualmente em prisão domiciliar, acusado de contrabando de armas para a Croácia e o Equador entre 1991 e 1995.

Os governos subservientes aos interesses ianques costumam servir a esses interesses. Esse foi o caso do governo de Menem, que fez exatamente o que fazem os EUA, ao vender armas a quem pretendem financiar militar e politicamente - como no exemplo entre EUA e Kosovo.

Ex-fervoroso aliado de Washington, Menem durante seu governo votou sempre atendendo aos ditames norte-americanos, como no caso do bloqueio a Cuba.