Página 6 - Movimento

A bancarrota da Famerj

O quadro que se apresentou durante o V Congresso da FAMERJ extrapolou de longe, os limites impostos pela atual conjuntura do movimento popular do Estado do Rio de Janeiro. Os fatos que redundaram neste quadro, bem como dele resultaram, são terminais de um processo que se desenrola já há algum tempo na FAMERJ: o seu esgotamento enquanto instância de participação legítima e democrática bem como enquanto entidade de articulação e direcionamento político das lutas das associações de moradores do Estado.

CUT/RJ derrota articulação

Após o III Congresso Nacional da Central Única dos Trabalhadores, delineou-se um quadro de incertezas e indefinições políticas que desgastaram as lideranças e afastaram a base do movimento.