Notícias

Redação do Inverta: LIBERDADE JÁ!

O fato de que o acordo humanitário ainda não tenha se concretizado só demonstra, uma vez mais, o caráter lacaio e fascista do governo Uribe. A troca de prisioneiros é um direito! Que todos possam voltar às suas casas! Liberdade, Liberdade, LIBERDADE JÁ!

A grande vitória dos trabalhadores terceirizados do cobre

A greve dos trabalhadores terceirizados do cobre é a maior mobilização de massas dos últimos tempos. Chile: Junto à potente mobilização dos estudantes secundaristas em 2006 e à dura, mas bem-sucedida, batalha dos trabalhadores florestais, a greve reflete a crescente resistência das massas ao sistema neoliberal imposto pela ditadura e mantido pela Concertação em todos seus aspectos essenciais.

Uma carta de Michael Moore: ' Sicko ' é um choque em Cannes!

Amigos, como vocês já podem ter lido, nossa premier de "Sicko" no Festival de Cinema de Cannes foi um sucesso tremendo. As duas mil pessoas do lado de dentro do teatro Lumière se alternaram entre lágrimas e risos durante as duas horas do filme -- e quando acabou, deram-lhe uma ovação de pé que pareceu durar por quase 15 minutos!

Encerrada V Cúpula da ALBA

O presidente de Venezuela, Hugo Chávez, encerrou hoje a V Cúpula da Alternativa Bolivariana para as Américas (ALBA), cujo último segmento foi a reunião dos mandatários com os movimentos sociais.

Reflexões de Fidel Castro: O que se impõe de imediato é uma Revolução Energética

Nada me anima contra o Brasil. Para não poucos brasileiros que não cessam de martelar argumentos sobre uma coisa ou outra, capazes de confundir as pessoas tradicionalmente amigas de Cuba, pareceríamos inconvenientes, aos que não lhes importa prejudicar a receita íntegra de moeda estrangeira desse país. Para mim, guardar silêncio seria optar entre a idéia de uma tragédia mundial e um suposto benefício para o povo dessa grande nação.

Quem faz o movimento? - Ruy Mauro Marini

Reproduzimos na integra entrevista concedida por Ruy Mauro Marini, publicada em Jornal INVERTA Nº 67 em 16 de janeiro de 1996. Intelectual marxista, 63 anos, nesta entrevista nos conta como foi sua aproximação com o marxismo e sua posterior atividade nos movimentos de grande expressão política no país. O que o torna uma figura importante pelo estudo realizado na história do desenvolvimento da América Latina.